CRCD

Centro de Referência de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolições

Os entulhos colocados em terrenos baldios, margens de rios ou ruas são responsáveis por enchentes, proliferação de doenças, poluição visual e degradação do meio ambiente. Para diminuir problemas ambientais, gerar emprego e renda e com isso melhorar a qualidade de vida da cidade de Osasco, região metropolitana de São Paulo, nesta quarta-feira (13 de maio, às 15h00) será inaugurada a primeira Usina de Reciclagem de Entulho de Osasco (Ureosasco).
Trata-se de iniciativa da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Instituto Nova Ágora de Cidadania (Inac), que obteve patrocínio de R$ 582 mil da Fundação Banco do Brasil para realizar os investimentos necessários à criação da usina. Os recursos foram utilizados na concepção da infraestrutura (portaria, sala de administração com computadores e impressora, cozinha, vestiário, banheiros, veículo, cercamento da área, implantação dos sistemas de iluminação e irrigação) e na aquisição dos equipamentos.Na Ureosasco, argamassa, tijolos, telhas, materiais cerâmicos, concreto ou terra provenientes de escavações ganham novo uso. “Atualmente, o preço desse material reciclado oscila entre R$ 17 e R$ 25 a tonelada”, afirma o presidente do Inac e auditor ambiental Carlos Leal. Segundo ele, metade da capacidade de recebimento de entulho e produção de reciclados será disponibilizada, como contrapartida do projeto, para a prefeitura. “Os outros 50% serão utilizados na geração de receita para a sustentabilidade da iniciativa”, explica.

A usina criou doze empregos diretos. Cada trabalhador terá direito a vale transporte, cesta básica e um salário médio de R$ 563. Os outros parceiros da Ureosasco são a prefeitura municipal, o governo federal e a Companhia de Seguros Aliança Brasil (BB Seguros), que contribui com R$ 150 mil para o custeio operacional da usina por um período de sete meses. O evento acontece nesta quarta-feira, 13, às 15h, na Rua Sérgio Ribeiro da Silva, s/nº, bairro Portal D’Oeste II, Osasco.

Por: Sandra Ventura – Diretora de Comunicação do Instituto Nova Ágora de Cidadania

Categorias: Imprensa

Parceiros

  • Instituto Nova Ágora de Cidadania - Inac
  • Fundação Banco do Brasil
  • Tecnologia Social
  • Prefeitura Municipal de Osasco