CRCD

Centro de Referência de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolições

O Centro de Referência de Resíduos Sólidos da Construção Civil e Demolições – CRCD é uma parceria entre o Instituto Nova Ágora de Cidadania – Inac e a Fundação Banco do Brasil para apresentar soluções adequadas na gestão e o manejo dos resíduos sólidos, principalmente os oriundos da construção civil e demolições descartados de modo inadequado no meio ambiente.

O principal objetivo é a disseminação de experiências, informações, resultados sócio-ambientais e econômicos gerados a partir da prática de instalação (consultoria), gestão e operacionalização de Usinas de Reciclagem de Entulho – Ures.

Missão: Criar, pesquisar, difundir, praticar e semear ideias e soluções referentes a reciclagem de resíduos sólidos

Visão: Tornar-se um Centro de Referência certificador, reconhecido nacional e internacionalmente.

Valores: Preservar o Meio Ambiente através de pesquisas e práticas, que diminuem os impactos dos resíduos da construção civil.

 Espaço que transforma experiência em novas realidades

A partir da constatação de que é necessário divulgar e disseminar as boas práticas em favor do meio ambiente. Assim, a Fundação Banco do Brasil, parceira e conhecedora das ações e resultados do projeto URE, formalizou nova parceria com o Instituto Nova Ágora de Cidadania afim de, através de um espaço adequado e com uma equipe técnica capacitada, apresentar e debater soluções na gestão e o manejo dos resíduos sólidos, principalmente os oriundos da construção civil e demolições.

USINAS DE RECICLAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL E DEMOLIÇÕES – Transformar entulhos em novas realidades

As Usinas de Reciclagem de Entulho – UREs favorecem diretamente a diminuição do depósito irregular de entulho. Contribuem também para a diminuição da necessidade do extrativismo mineral através do reaproveitamento, com a reinserção do agregado reciclado na cadeia produtiva da construção civil. No mais, geram trabalho, emprego e renda para diversos atores sociais que participam do processo.

Inaugurada no dia 13 de maio de 2009, a Ureosasco tem capacidade para reciclar 25 toneladas de resíduos sólidos da construção civil por hora.

O modelo de parceria e gestão da URE é pioneiro e tem trazido ganhos legais, econômicos e principalmente sociais, que futuramente serão instalados em outras municipalidades: Hortolândia/SP, São Leopoldo/RS, Petrópolis/RJ e Betim/MG. O intuito é estabelecer uma parceria, um trabalho em conjunto.

No mais, o projeto URE tem aberto caminho para o diálogo, novas perspectivas, e apontado soluções que envolvem os diferentes setores participantes da cadeia de resíduos sólidos da construção civil desde sua origem, o descarte e reaproveitamento.


Assista nosso vídeo e entenda um pouco mais sobre este projeto: